15 de jun de 2008

Planeta Sasha

Como a fama influencia o dia-a-dia da filha de Xuxa, que acaba de completar três anos e é a criança mais célebre do Brasil
Seus passos são acompanhados pelos fotógrafos. Em compromissos sociais, torna-se o centro das atenções. Quando aparece na televisão, brilha mais que as outras crianças. Vida de estrela não é fácil. E aos três anos, completados no dia 28 de julho e comemorados no sábado 4, Sasha Meneghel Szafir vive as agruras e as benesses de ser a criança mais famosa do Brasil. Foi de princesa a sua festa de aniversário, celebrada num bosque de 30 mil m2 num sítio em Vargem Grande, na zona oeste do Rio. Feliz, ao final do dia, agradeceu, educadamente, a superprodução a que teve direito: “Obrigada, mamãe, pela festa”, repetia Sasha, cobrindo Xuxa de beijos.

A apresentadora do Planeta Xuxa não poupou esforços nem dinheiro – gastou pelo menos R$ 21 mil – para fazer com que Sasha vivesse seu conto de fadas. O tema era a Minnie. Com músicas de Xuxa como trilha sonora por quatro horas, as crianças se esbaldaram com os brinquedos, com os animais – havia vacas, cavalos de até 80 cm, além de cisnes e peixes no lago – e com a apresentação do musical Os Saltimbancos. A apresentadora encomendou pessoalmente a encenação ao grupo de Maria Lúcia Priolli e fez algumas exigências. Pediu novos cenários e figurinos especialmente para a ocasião e, só por isso, desembolsou R$ 3.500. Também exigiu que o grupo não levasse máquinas fotográficas, reivindicação estendida aos 350 convidados, entre eles celebridades mirins como Lucas Jagger, filho de Luciana Gimenez e de Mick Jagger, e Ronald, pimpolho de Ronaldinho e de Milene Domingues.

Ao contrário do primeiro aniversário de Sasha, desta vez a imprensa não pôde registrar o evento. Cerca de 100 pessoas, entre jornalistas e fãs, se acotovelavam do lado de fora, mas Xuxa não os deixou entrar. São tempos diferentes de quando, acompanhada de Luciano Szafir, anunciou no Domingão do Faustão, da Globo, que estava grávida. Ou do dia 28 de julho de 1998, quando o nascimento da herdeira foi acompanhado em cadeia nacional, com o Jornal Nacional destinando 15 minutos às primeiras imagens da menina.

Sasha aprendeu rápido a conviver com a fama. Só neste ano foi capa de revistas pelo menos seis vezes. Segundo amigos da família, ela está tão acostumada com o assédio dos fotógrafos que, quando está disposta, faz pose sem ninguém pedir diante de uma câmera. Recentemente, ao ver sua mãe distribuindo autógrafos, não titubeou. Canhota, fez uns rabiscos nos papéis e entregou aos fãs. Outras vezes, ela brinca de fã. Já pediu autógrafo à mãe e vive imitando os admiradores de Xuxa. “Ela canta ‘ô Xuxa, cadê você, eu vim aqui só para te ver’”, conta a ex-paquita Ana Paula Guimarães. Não é raro Xuxa levar Sasha para participar de seu Planeta Xuxa ou contar alguma das proezas da filha no ar. Há algumas semanas, se divertiu ao lembrar do dia em que disse a Sasha que ela seria paquita de seu programa. A menina respondeu: “Não quero ser paquita, quero ser a dona do Planeta”, contou Xuxa na tevê.

Mesmo assim, a curiosidade em torno da menina é enorme. “As pessoas devem pensar ‘putz, que mimada’, mas não há esse problema. A Sasha não se importa que outras crianças mexam em tudo, ela não fala nada, adora dividir.
Até dá roupas para a Giovanna. Abre a gaveta e diz: ‘Toma, leva!’”, conta Andreia Faria, a ex-paquita Sorvetão, mãe de Giovanna, de três anos, afilhada de Xuxa. Os amigos mais próximos não se lembram de terem visto Sasha se jogar no chão, fazendo birra. Na hora da bronca, dizem, a mãe não precisa levantar a voz. É apenas firme e séria. “A Xuxa conversa e a Sasha escuta”, diz Andreia.
Beth Szafir, a avó paterna, só elogia. “Minha neta é muito bem orientada pela mãe. Para tudo ela fala ‘obrigada’, ‘por favor’. Mesmo com a pilha de brinquedos que tem, toda vez que ganha uma bonequinha ela fica feliz. Isso demonstra que é uma criança simples e educada”, afirma. O aniversário de três anos de Sasha foi a primeira vez em que Beth foi a uma festa recepcionada pela mãe de sua neta. Elas trocaram farpas no passado e Xuxa chegou a dizer que só Luciano era bonito na família Szafir. “A primeira coisa que a Xuxa disse foi ‘bem-vinda’ quando cheguei. Achei muito simpático”, disse Beth, que também é avó de outros quatro netos.

Os psicólogos dizem que não é fácil criar uma criança que pode ter tudo. O risco de se forjar um adulto infeliz é enorme. “Se a criança vive num mundo de fantasia, onde mal pensa no que quer e já tem, acaba não desenvolvendo a capacidade de tolerar as frustrações da vida”, diz a psicóloga Anita Taub, coordenadora do departamento de Psicologia do Hospital Albert Einstein. “Não há problema, entretanto, se os pais transmitem o verdadeiro valor das coisas.”

Esse é o desafio de pais e mães, como Xuxa. “Não tem como a Sasha não ter muita coisa, é complexo. E as outras crianças ficam loucas quando vão à Casa Rosa, porque é um parque de diversões”, diz a ex-paquita Andreia Faria. E um parque de diversões enorme e variado. O cantinho da casa preferido de Sasha é a sala de brinquedos, onde há centenas de bonecas e algumas caixas de músicas que enchem os olhos das crianças. Seu primo, Eduardo, de três anos, não teve palavras ao entrar no local. Ao todo, ela tem um quarto de 60 m2, incluindo closet, a sala de brinquedos e o banheiro. No jardim, ela gosta de brincar na cama elástica e no escorregador. Também se diverte no minizoológico com as aves e os cachorros. Já ganhou vários filhotes de presente, mas seu animal de estimação é um cão da raça Chow-Chow. Apegada a bichos, como a mãe, ficou inconformada quando um macaquinho do sítio da apresentadora morreu. “Por que, Jesus?”, perguntou, olhando para o céu com as mãozinhas juntas. “Tem a mamãe dele aqui!”

Há um ano na escola, Sasha começa agora uma nova etapa. Depois de freqüentar o Colégio Carolina Patrício, em São Conrado, onde a apresentadora costumava ir às reuniões de pais, Xuxa decidiu transferi-la para a Escola Americana, pois quer que a filha fale inglês perfeitamente. Viajada, a menina já foi ao México, ao Chile e aos Estados Unidos. O segundo aniversário passou em Nova York, onde a mãe a levou para almoçar num restaurante só para crianças, e no início do ano esteve na Disney, em Orlando. Os primeiros passos para se familiarizar com o idioma de Shakespeare já foram dados. Sasha sabe todo o alfabeto, canta Parabéns pra Você e assiste a vídeos infantis em inglês. Um show de menina.

Nenhum comentário: